A felicidade mora em um abraço

a felicidade mora em um abraço

 

“O melhor lugar do mundo é dentro de um abraço…” Já cantava Rogério Flausino e eu tenho que concordar que ele estava mais que certo. Não há gesto que faça tanto bem e aproxime mais o ser humano do que um caloroso abraço, daqueles bem demorado. Coração com coração, abraçar é se doar no silêncio a outro alguém.

Depois que eu descobri o bem que causa, passei a valorizar mais cada abraço dado e recebido. Aqui, não falo de abraçar, dando aqueles “tapinhas” nas costas do outro. Falo de sentimento envolvido, de sintonia, aconchego e energia que nosso corpo produz a cada vez que nos permitimos esse momento.

A ciência já provou a existência de diversos benefícios trazidos pelo abraço. Uma pesquisa feita pelo professor de Psicologia da Carnegie Mellon University, nos Estados Unidos, Sheldon Cohen comprovou que o abraço protege dos efeitos do estresse, da depressão e  da ansiedade. E quem há de duvidar? Tem abraço que dá paz na alma e acalma o corpo.

Outros estudos já comprovam que o abraço é uma forma de compartilhar sentimentos e de se comunicar. De acordo com um estudo feito na Faculdade de Artes e Ciências da University of Missouri, nos Estados Unidos, pessoas que têm dificuldade em verbalizar emoções e descrever sentimentos podem ser muito beneficiadas pelo abraço. O gesto transmite compreensão e empatia e pode ser uma maneira saudável de falar sobre sentimentos.            

O melhor de tudo é que a ciência também comprovou que o abraço possui efeitos curativos, devido à secreção de ocitocina (ou oxitocina) no organismo. Conhecida como o “hormônio do amor”, ela cai na corrente sanguínea das duas pessoas que se abraçam, relaxando o corpo, diminuindo o ritmo cardíaco, a pressão arterial e os níveis de cortisol (estresse).

Aqui vai uma última pesquisa, a da Manchester Metropolitan University, que indicou que cerca de um terço da população não dá ou recebe abraços diariamente. Aí eu te pergunto: qual foi a última vez que você abraçou verdadeiramente alguém? Percebe a diferença que esse ato pode trazer a nossa vida, se praticado diariamente? Não perca tempo, comece a praticar e sinta a diferença.

Um forte abraço!

Comentários

comentários

Um comentário sobre “A felicidade mora em um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *