Adote uma cartinha e seja Noel pra uma criança

cartinhas-jpg2
Cartinhas que eu adotei no programa Papai Noel dos Correios.

Quando eu era criança adorava brincar de Barbie. Nunca tive muitas, mas tinha as que eu queria. Pra ter uma boneca nova, era preciso escolher: ou a barbie ou o tênis da Sandy, ou a barbie ou a sainha de prega da moda, ou a barbie ou o caderno de capa dura cheio de adesivos. Enfim, mas eu tinha a opção de ter a barbie e também a casa dela toda feita de madeira. Eu adoraaaava tudo isso!

Olhando pra minha infância hoje, vejo o quanto foi saudável poder brincar do que eu queria. Diferentemente de mim, existem crianças que não tem essa mesma oportunidade. Muitas não tem nem escolha. A única opção é ficar sem o brinquedo favorito e também sem uma roupa nova. As condições em que vivem não as permitem escolher.

Joel e Diego são dois exemplos de crianças que vivem essa realidade. Eles escreveram uma cartinha para o Papai Noel dos Correios, campanha realizada pelo órgão há mais de 25 anos, com o objetivo de realizar o sonho de milhares de crianças em todo o país. Joel pediu um helicóptero de controle remoto e Diego um carrinho. E adivinha quem vai ser a mamãe noel deles? Isso mesmo, euzinha!

cartinhas
Cartinhas do Joel e Diego que eu adotei no programa Papai Noel dos Correios.

Este ano é a primeira vez que estou adotando cartinhas. Para participar da campanha, é muito simples, basta ir a uma das unidades dos Correios participantes, escolher uma ou mais cartinhas para adotar e comprar o presente descrito na carta. Depois é só levá-lo ao local definido pelos Correios na sua região e a entrega será por conta da  entidade. Mais de 40 mil cartas enviadas em 2015 foram adotadas. 

Somente são selecionadas pelos Correios cartas de crianças matriculadas na rede pública de ensino ou em instituições assistenciais. A campanha estimula a redação de cartas manuscritas, dissemina valores natalinos e estimula a solidariedade. Desta forma, qualquer cidadão pode ser papai ou mamãe noel, sem ter que rodar o mundo em um trenó.

O mais contagiante de tudo isso é a pureza e simplicidade contida em cada linha escrita. Os pedidos vão desde uma bola de futebol ou uma calculadora da Barbie, até uma bicicleta ou um video game. Não importa o tamanho ou valor, o importante é a sinceridade que cada cartinha nos traz. Algumas crianças depositam ali, a única esperança de presente do ano inteiro, talvez.

arvore-de-natal
Árvore de Natal com cartinhas, na Agência dos Correios Aldeota.

 

Virando padrinho

Desde o dia 11 de novembro deste ano, que qualquer pessoa pode pode adotar as cartinhas que estarão nos pontos divulgados pelos Correios.


Onde adotar uma cartinha

– Em Fortaleza, a adoção poderá ser feita, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30min e aos sábados, das 9h às 12h, nos seguintes pontos:

  • AGÊNCIA CENTRAL – RUA SENADOR ALENCAR, 38 – CENTRO, FORTALEZA, CE
  • AGÊNCIA PARANGABA – AV.JOÃO PESSOA,7189 – PARANGABA, FORTALEZA, CE
  • AGÊNCIA ALDEOTA – RUA MARIA TOMÁSIA, 682 – ALDEOTA, FORTALEZA, CE
  • AGÊNCIA BARÃO STUDART – BARÃO DE STUDART, 1864-A/B – ALDEOTA, FORTALEZA, CE
  • AGÊNCIA ALENCARINA – OLIVEIRA PAIVA, 2800 – CIDADE DOS FUNCIONÁRIOS, FORTALEZA, CE
  • AGÊNCIA IGUATEMI – AV.WASHINGTON SOARES, 85

Até quando vai a campanha

– A campanha começa em Fortaleza, no dia 11 de novembro e vai até o dia 15 de dezembro.

Há limite de adoção?

– Não há limite de cartas por padrinho, mas o padrinho é responsável pelas cartas que pegar para adotar. Lembre que uma desistência impede que a carta seja adotada por outro padrinho.

Onde entregar o presente?

– Os presentes são entregues pelos padrinhos no mesmo local em que a carta foi adotada para depois serem entregues pelos Correios nas escolas e instituições que participaram da campanha.

Como embrulhar o presente?

– Caso o brinquedo seja frágil, acondicione de forma adequada, utilizando caixa e escreva “Frágil” no pacote.

– Bicicletas devem ser entregues, preferencialmente, em caixas.

– Escreva o número de identificação da carta na embalagem do presente. Os presentes deverão ser numerados com a mesma numeração da carta.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *