Por que viajar virou sinônimo de qualidade de vida?

viajar

Preciso compartilhar com vocês a maravilha que é conhecer novos lugares. Além da alegria de vivenciar uma nova cultura e fazer novos amigos, viajar é uma experiência que também faz um bem danado ao nosso cérebro, de acordo com diversas pesquisas no mundo inteiro sobre o assunto.

Atualmente, fazer uma viagem é bem mais democrático e barato que antigamente. Conhecer novos lugares, particularmente, é uma das experiências que mais me realiza pessoal e profissionalmente. Afinal, ela é a consequência de um bom planejamento, qualidade de vida e dedicação ao longo de um certo tempo.

De acordo com um estudo do professor Adam Galinsky, da Columbia Business School, viajar pode também, turbinar sua capacidade cerebral e mudar sua personalidade para melhor. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Galinsky disse que não basta, apenas, passear pelos pontos turísticos, é preciso mergulhar de cabeça na experiência.

Partiu RJ

Foi justamente isso que tentei fazer na minha última viagem ao Rio de Janeiro. Uma trip rápida, mas que aproveitei bem cada segundo e cada lugar que ainda não conhecia. Visitar o Rio para mim é sempre surpreendente, cada viagem parece a primeira, mas a sensação de estar em casa é sempre a mesma.

Certamente já deve ter algum estudo científico sobre os encantos do Rio ou alguma pesquisa que explique qual o mistério daquela cidade. Mas, pensando bem, acho que não é necessário nada muito técnico para explicar algo tão emocional e sensitivo. Basta se render um pouco mais aos encantos da cidade e ver que a beleza mora em todo lugar.

Foi assim que conheci a Pedra do Telégrafo, localizada em Barra da Guaratiba, Zona Oeste, um dos lugares com o visu mais lindo que já vi. Foi o momento de agradecer a Deus por tamanha grandeza e de sentir a presença dEle em cada detalhe. Foi o momento de realmente mergulhar em cada em cada segundo, desde subida (bem cansativa, por sinal) até as pessoas que apareceram no caminho para me guiar nesse passeio.

WhatsApp Image 2017-03-15 at 11.00.58 (1)

Viaje mais

Em outra pesquisa coordenada pelos psicólogos Dra. Julia Zimmermann e Dr. Franz Neyer, constatou-se que pessoas que viajam mais são, na maioria dos casos investigados, mais felizes. Para chegar ao resultado, os pesquisadores entrevistaram diversos estudantes de universidades da Alemanha. Os que haviam passado um tempo fora mostraram maior estabilidade emocional e vontade de se abrir para novas experiências.

Sinceramente, nunca tive dúvidas sobre isso! Sair do seu quadrado e conhecer uma nova cidade ou país, pode abrir sua mente para o novo e te fará ter muitos motivos para sorrir. Por isso que sempre digo: viajar é um investimento! É investir no seu intelecto, na sua felicidade e no seu crescimento pessoal.

rj1

Não faça da sua viagem uma fuga

Poder viajar, pelo menos uma vez por ano, para onde você deseja deve ser consequência da sua vida bem sucedida e não a fuga de uma rotina infeliz. Conheço algumas pessoas que vivem em função do próximo destino ou de morar fora por não estarem satisfeitas com seu dia a dia de trabalho ou com seu ciclo de amigos. Tenha certeza de uma coisa: a felicidade mora dentro de você!

Viaje e ajude outras pessoas

Já não basta todos os benefícios que uma viagem trás para você, ela ainda pode trazer um pouco mais de felicidade a vida de muita gente. Isso mesmo! Sabe aqueles sabonetes e shampoos que ficam nos banheiros dos hotéis? Você pode trazer de volta para casa e doar para uma iniciativa bem bacana.

O projeto Mini Gentilezas ajuda pessoas em situação de rua com produtos de higiene pessoal arrecadados em todo o Brasil. Todos os produtos doados são direcionados a instituições que já ajudam pessoas em situação de rua nas cidades.

Agora é só se planejar e escolher seu próximo destino. Não deixe para depois a viagem que você pode fazer este mês.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *